Praga é uma cidade cheia de cultura, se és uma pessoa que adora história então a capital da Republica Checa é o sítio ideal para ti. As coisas a visitar em Praga estão divididas por zonas, a cidade antiga, a ponte de Charles, o outro lado do rio com o mural de John Lennon, o castelo de Praga e o quarteirão judeu. A nossa visita durou 4 dias, de Sexta a Segunda, que dá tempo para ver estes sítios essenciais. Como deve dar para ver nas fotos e no vídeo estava frio na nossa visita, foi em Janeiro de 2017 e não estava só frio mas sim -11ºC e eu não conseguia sentir os meus pés a andar!!

A cidade Antiga

  1.  Igreja de Nossa Senhora

Esta igreja gótica é uma das marcas mais distintivas da cidade antiga!

  1. Relógio Astronómico

O monumento que na minha opinião é o que representa Praga, é um relógio lindíssimo que a cada hora na Praça da cidade dá um show a todos os turistas que param para o apreciar. Abaixo está uma explicação de como trabalha!

“O relógio foi construído baseado na ideia que o construtor tinha do Universo, sendo que a Terra era fixa no centro. O propósito do relógio não é dizer a hora exacta mas sim indicar a orbita do Sol e da Lua à volta da Terra. A mão com o sol aponta para as horas, na realidade aponta para três tipos de horas. O anel mais externo com números Árabes medievais mede os tempos antigos boémios em que um dia de 24 horas  começa com o pôr-do-sol. O anel de números Romanos indica o tempo como o conhecemos. A parte azul do mostrador representa a parte visível do céu e está dividida em 12 partes. No tempo Boémio, o período de luz do dia foi divido em 12 horas, que varia de duração dependendo se é Verão ou Inverno. O relógio também mostra o movimento do Sol e da Lua através dos 12 símbolos do Zodíaco, que foram de grande importância no séc. XVI em Praga.”

  1. Subir à torre do Relógio Astronómico

Este é um dos melhores sítios para ter uma vista panorâmica da cidade. Nós planeámos a nossa visita de modo a assistir o pôr-do-sol, não há limite de tempo para esta visita.

  1. Hard Rock Café

Uma antiga loja de ferreiro decorada com pinturas coloridas do séc. XIX.

  1. The hanging man

Criada em 1996, a escultura de David Cerny pode ser encontrada na intercepção das ruas Husova e Skorepka na parte da cidade antiga. Não é mais nem menos do que Sigmund Freud pendurado por uma mão no cimo de umas casas históricas.

  1. O mural de John Lennon

Não e só um memorial a John Lennon e as suas ideias de paz mas também um simbolismo à liberdade de expressão e uma ajuda à rebelião pacífica dos jovens checos contra o regime na altura.

  1. A Ponte de Charles

A ponte em tempos era a única passagem sobre o rio e podiam lá passar 4 carruagens lado a lado mas agora é apenas uma passagem pedestre. A ponte tem como entrada/saída em ambos os lados torres góticas que também podem ser visitadas.

  1. Subir a torre da Ponte de Charles

Se visitares Praga no Inverno como nós fomos, tem a certeza que levas peças de roupa extra porque esta torre é abeira rio e é muito frio lá em cima, especialmente se quiseres fazer um timelapse e estás a espera durante muito tempo!

Castelo de Praga

  1. Catedral de São Vito

É a maior e mais importante catedral em Praga. Para além de serviços religiosos, coroações de Reis e Rainhas, é também o lugar de descanso para santos párocos, soberanos, homens da nobreza e arcebispos.

  1. Basílica de São George

Criada para ser a segunda igreja do castelo de praga.

  1. A rua do Ouro

Tem este nome porque os moradores eram ourives. Com ocupação até à segunda guerra mundial, a sua aparência pitoresca foi mantida pelo castelo.

  1. Torre da pólvora

Usada no passado para guardar pólvora e fundição de sinos, agora é um museu.

O Quarteirão Judeu

  1. O antigo cemitério Judeu

Este é um sítio inacreditável, por mais de 300 anos era o único local permitido para o enterro de Judeus. Fundado em 1478, foi ligeiramente aumentado mas ainda corresponde basicamente ao seu tamanho medieval. Por causa da falta de espaço as pessoas tiveram que ser enterradas umas em cima das outras, até 12 camadas. Hoje em dia consegues ver cerca de 12000 lápides a abarrotar neste sítio pequeno, mas o número de pessoas é muito maior.

  1. A sinagoga de Pinkas

Esta sinagoga serve como memorial para todos os cidadãos checoslovacos judeus que foram aprisionados no campo de concentração de Terezín e depois deportados para vários campos de exterminação Nazis. Os nomes das 77297 pessoas que não regressaram estão inscritos nas paredes da sinagoga. O edifício tem também uma exposição dos desenhos das crianças do campo de concentração de Terezín.

  1. A sinagoga de Klausen

Neste momento tem uma exposição das tradições e costumes dos Judeus, mostrando a sua história na Europa Central desde o início da idade média.

  1. A sinagoga Espanhola

Esta é definitivamente a minha sinagoga favorita, é um encanto, as pinturas detalhadas, a luz que entra pelas janelas talhadas, simplesmente lindo! Construída na segunda metade do séc. XIX, em tempos, neste local esteve a primeira sinagoga de Praga chamada a Antiga Escola que era o centro da comunidade dos Judeus do rito ocidental.

  1. Visitar a parte nova da cidade

A cidade nova é a parte da cidade com as lojas, uma parte mais moderna mas mesmo assim com edifícios históricos.

  1. Provar Goulash

Um estufado de carne, tradicional de Praga, infelizmente não há foto para provar porque estava com muita fome! 😉

  1. Provar Trdelník (massa doce)

É uma massa doce que é cozinhada por cima de brasas!

  1. Dar uma volta no eléctrico

A maneira mais rápida e charmosa de ver a cidade a descansar os pés!

Este post teve a ajuda do livro Eyewitness Travel Prague 2016, traduzido por mim!

Obrigado por leres, vai passando por aqui ou então subscreve para seres o primeiro a saber dos meus posts! Tenho muito mais para te contar!

A vida é muito curta para ser desperdiçada, sê feliz!

Ana Castro